2 de mai de 2017

Ana.
Possui 3 letras
Possui a vogal: a
Possui a consoante: n
A palavra Ana escrita ao contrário: ana

Ana. 

A Ana tinha 23 anos e estava vivendo em crise, talvez a crise dos 23 anos. Não se fala muito para não assustar as pessoas, mas acho que essa é uma das piores crises na vida de uma pessoa.

A Ana tinha 23 anos e era garçonete, acho que agora vocês podem entender o porque da crise. Não que tenha algo de errado em ser garçonete, mas quando se é jovem e pensa em você com 23 anos não é isso que vem a mente. Ela sempre quis ser veterinária, desde criança amava os animais, mas na hora H ela desistiu. Por medo? Talvez. Não sabemos muito sobres as decisões da Ana, ela é muito complicada. Mas quem não é? 


9 de mai de 2013

O crime do Padre Amaro - Eça de Queiroz

Depois procurava sossegar, retomar a direção das suas faculdades, aplicá-las todas a achar uma vingança, uma boa vingança! E voltava então o antigo desespero de não viver no tempo da Inquisição, e com uma denúncia de irreligião ou de feitiçaria, mandá-los ambos para um cárcere. Ah! nesse tempo um padre gozava! Mas agora, com os senhores liberais, tinha de ver aquele miserável escrevente a seis vinténs por dia apoderar-se lhe da rapariga - e ele, sacerdote instruído, que podia ser bispo, que podia ser papa, tinha de vergar os ombros e ruminar solitariamente o seu despeito! Ah! se as maldições de Deus tinham algum valor - malditos fossem eles! Queria vê-los cheios de filhos, sem pão na prateleira, com o último cobertor empenhado, ressequidos de fome, injuriando-se, - e ele a rir-se, ele a regalar-se!...

29 de abr de 2013

100 livros essenciais da literatura mundial

1. Ilíada (Homero)
2. Odisséia (Homero)
3. Hamlet (Shakespeare)
4. Dom Quixote (Miguel de Cervantes)
5. A divina comédia (Dante Alighieri)
6. Em busca do tempo perdido (Proust)
7. Ulysses (Joyce)
8. Guerra e Paz (Tolstoi)
9. Crime e Castigo (Dostoiévski)
10. Ensaios (Michel de Montaigne)
11. Édipo Rei (Sófocles)
12. Otelo (Shakespeare)
13. Madame Bovary (Gustave Flaubert)
14. Fausto (Goethe)
15. O processo (Kafka)
16. Doutor Fausto (Thomas Mann)
17. As flores do mal (Charles Baudelaire)
18. Som e a fúria (William Faulkner)
19. A terra desloada (T. S. Eliot)
20. Teogonia (Hesíodo)
21. As metamorfoses (Ovídio)
22. O vermelho e o negro (Stendhal)
23. Grande Gatsby (F. Scott Fitzgerald)
24. Uma estação no inferno (Arthur Rimbaud)
25. Os miseráveis (Victor Hugo)
26. O estrangeiro (Albert Camus)
27. Medéia (Eurípedes)
28. A Eneida (Virgílio)
29. Noite de reis (Shakespeare)
30. Adeus às armas (Ernest Hemingway)
31. Coração das trevas (Joseph Conrad)
32. Admirável mundo novo (Aldous Huxley)
33. Mrs. Dalloway (Virginia Woolf)
34. Moby Dick (Herman Melville)
35. Histórias extraordinárias (Edgar Allan Poe)
36. A comédia humana (Balzac)
37. Grandes esperanças (Charles Dickens)
38. O homem sem qualidades (Robert Musil)
39. As viagens de Gulliver (Jonathan Swift)
40. Finnegans Wake (Joyce)
41. Os Lusíadas (Luís de Camões)
42. Os três mosqueteiros (Alexandre Dumas)
43. Retrato de uma senhora (Henry James)
44. Decameron (Bocaccio)
45. Esperando Godot (Samuel Beckett)
46. 1984 (George Orwell)
47. Galileu Galilei (Bertolt Brecht)
48. Os cantos de Maldoror (Lautréamont)
49. A tarde de um fauno (Mallarmé)
50. Lolita (Vladimir Nabokov)
51. Tartufo (Molière)
52. As três irmãs (Anton Tchekov)
53. O livro das mil e uma noites
54. Don Juan (Tirso de Molina)
55. Mensagem (Fernando Pessoa)
56. Paraíso perdido (John Milton)
57. Robinson Crusoé (Daniel Defoe)
58. Os moedeiros falsos (André Gide)
59. Memórias póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis)
60. O retrato de Dorian Gray (Oscar Wilde)
61. Seis personagens em busca de um autor (Luigi Pirandello)
62. Alice no país das maravilhas (Lewis Carrol)
63. A náusea (Jean-Paul Sartre)
64. A consciência de Zeno (Ítalo Svevo)
65. Longa jornada noite adentro (Eugene O'Neill)
66. A condição humana (André Malraux)
67. Os contos (Ezra Pound)
68. Canções da inocência/Canções do exílio (William Blake)
69. Um bonde chamado desejo (Teneessee Williams)
70. Ficções (Jorge Luis Borges)
71. O rinoceronte (Eugêne Ionesco)
72. A morte de Vigílio (Herman Broch)
73. As folhas da relva (Walt Whitman)
74. Deserto dos tártaros (Dino Buzatti)
75. Cem anos de solidão (Gabriel García Marquez)
76. Viagem ao fim da noite (Louis-Ferdinand Céline)
77. A ilustre casa de Ramires (Eça de Queirós)
78. Jogo da amarelinha (Julio Cortázar)
79. As vinhas da ira (John Steinbeck)
80. Memórias de Adriano (Marguerite Yourcenar)
81. O apanhador no campo de centeio (J. D. Salinger)
82. Huckleberry Finn (Mark Twain)
83. Contos de Hans Christian Andersen
84. O leopardo (Tomaso di Lampedusa)
85. Vida e opiniões do cavaleiro Tristam Shandy (Laurence Sterne)
86. Passagem para a Índia (E. M. Forster)
87. Orgulho e Preconceito (Jane Austen)
88. Trópico de câncer (Henry Miller)
89. Pais e filhos (Ivan Turgueniev)
90. O náufrago (Thomas Bernhard)
91. A epopéia de Gilgamesh
92. O Mahabharata
93. As cidades invisíveis (Ítalo Calvino)
94. On the road (Jack Kerouac)
95. Lobo da estepe (Hermann Hesse)
96. Complexo de Portnoy (Philip Roth)
97. Reparação (Ian MacEwan)
98. Desonra (J. M. Coetzee)
99. As irmãs Makioka (Junichiro Tanizaki)
100. Pedro Páramo (Juan Rulfo)

100 livros essenciais da literatura brasileira

1. Bagagem (Adélia Prado)
2. O Cortiço (Aluísio Azevedo)
3. Lira dos Vinte Anos (Álvares de Azevedo)
4. Noite na Taverna (Álvares de Azevedo)
5. Quarup (Antonio Callado)
6. Brás, Bexiga e Barra Funda (Antonio de Alcântara Machado)
7. Romance d’A Pedra do Reino (Ariano Suassuna)
8. Viva Vaia (Augusto de Campos)
9. Eu (Augusto dos Anjos)
10. Ópera dos Mortos (Autran Dourado)
11. O Uruguai (Basílio da Gama)
12. O Tronco (Bernardo Elis)
13. A Escrava Isaura (Bernardo Guimarães)
14. Morangos Mofados (Caio Fernando Abreu)
15. A Rosa do Povo (Carlos Drummond de Andrade)

16. Claro Enigma (Carlos Drummond de Andrade)
17. Os Escravos (Castro Alves)
18. Espumas Flutuantes (Castro Alves)
19. Romanceiro da Inconfidência (Cecília Meireles)
20. Mar Absoluto (Cecília Meireles)
21. A Paixão Segundo G.H. (Clarice Lispector)
22. Laços de Família (Clarice Lispector)
23. Broqueis (Cruz e Souza)
24. O Vampiro de Curitiba (Dalton Trevisan)
25. O Pagador de Promessas (Dias Gomes)

26. Os Ratos (Dyonélio Machado)

27. O Tempo e o Vento (Érico Veríssimo)
28. Os Sertões (Euclides da Cunha)
29. O que é Isso, Companheiro? (Fernando Gabeira)
30. O Encontro Marcado (Fernando Sabino)
31. Poema Sujo (Ferreira Gullar)
32. I-Juca Pirama (Gonçalves Dias)
33. Canaã (Graça Aranha)
34. Vidas Secas (Graciliano Ramos)
35. São Bernardo (Graciliano Ramos)
36. Obra Poética (Gregório de Matos)
37. O Grande Sertão: Veredas (Guimarães Rosa)
38. Sagarana (Guimarães Rosa)
39. Galáxias (Haroldo de Campos)
40. A Obscena Senhora D (Hilda Hist)
41. Zero (Ignácio de Louola Brandão)
42. Malagueta, Perus e Bacanaço (João Antônio)
43. Morte e Vida Severina (João Cabral de Melo Neto)
44. A Alma Encantadora das Ruas (João do Rio)
45. Harmada (João Gilberto)
46. Contos Gauchescos (João Simões Lopes Neto)
47. Viva o Povo Brasileiro (João Ubaldo Ribeiro)
48. A Moreninha (Joaquim Manuel de Macedo)
49. Gabriela, Cravo e Canela (Jorge Amado)
50. Terras do Sem Fim (Jorge Amado)
51. Invenção de Orfeu (Jorge de Lima)
52. O Coronel e o Lobisomem (José Cândido de Carvalho)
53. O Guarani (José de Alencar)
54. Lucíola (José de Alencar)
55. Os Cavalinhos de Platiplanto (J. J. Veiga)
56. Fogo Morto (José Lins do Rego)
57. Triste Fim de Policarpo Quaresma (Lima Barreto
58. Crônica da Casa Assassinada (Lúcio Cardoso)
59. O Analista de Bagé (Luis Fernando Veríssimo)
60. Tremor de Terra (Luiz Vilela)
61. As Meninas (Lygia Fagundes Telles)
62. Seminário dos Ratos (Lygia Fagundes Telles)
63. Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis)
64. Dom Casmurro (Machado de Assis)
65. Memórias de um Sargento de Milícias (Manuel Antônio de Almeida)
66. Libertinagem (Manuel Bandeira)
67. Estrela da Manhã (Manuel Bandeira)

68. Galvez, Imperador do Acre (Márcio Souza)
69. Macunaíma (Mário de Andrade)
70. Paulicéia Desvairada (Mário de Andrade)
71. O Homem e Sua Hora (Mário Faustino)
72. Nova Antologia Poética (Mário Quintana)
73. A Estrela Sobe (Marques Rebelo)
74. Juca Mulato (Menotti Del Picchia)
75. O Sítio do Pica-pau Amarelo (Monteiro Lobato)
76. As Metamorfoses (Murilo Mendes)
77. O Ex-mágico (Murilo Rubião)
78. Vestido de Noiva (Nelson Rodrigues)
79. A Vida Como Ela É (Nelson Rodrigues)
80. Poesias (Olavo Bilac)
81. Avalovara (Osman Lins)
82. Serafim Ponte Grande (Oswald de Andrade)
83. Memórias Sentimentais de João Miramar (Oswald de Andrade)
84. O Braço Direito (Otto Lara Resende)
85. Sermões (Padre Antônio Vieira)
86. Catatau (Paulo Leminski)
87. Baú de Ossos (Pedro Nava)
88. Navalha de Carne (Plínio Marcos)
89. O Quinze (Rachel de Queiroz)
90. Lavoura Arcaica (Raduan Nassar)
91. Um Copo de Cólera (Raduan Nassar)
92. O Ateneu (Raul Pompéia)
93. 200 Crônicas Escolhidas (Rubem Braga)
94. A Coleira do Cão (Rubem Fonseca)
95. A Senhorita Simpson (Sérgio Sant’Anna)
96. Febeapá (Stanislaw Ponte Preta)
97. Marília de Dirceu (Tomás Antônio Gonzaga)
98. Cartas Chilenas (Tomás Antônio Gonzaga)
99. Nova Antologia Poética (Vinícius de Moraes)
100. Inocência (Visconde de Taunay)

100 livros para ler antes de morrer

100. O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien
99. O sol é para todos, de Harper Lee
98. The Home and the World, de Rabindranath Tagore
97. O guia do mochileiro das galáxias, de Douglas Adams
96. As mil e uma noites, de autor desconhecido
95. Os Sofrimentos do Jovem Werther, de Johann Wolfgang von Goethe
94. Midnight’s Children, de Salman Rushdie
93. O Espião que Sabia Demais, de John Lê Carré
92. Cold Comfort Farm, de Stella Gibbons
91. O Conto de Genji, de Lady Murasaki
90. Under the Net, de Iris Murdoch
89. O Carnê Dourado, de Doris Lessing
88. Eugene Onegin, de Alexander Pushkin
87. On the Road, de Jack Kerouac
86. O Pai Goriot, de Honoré de Balzac
85. O vermelho e o negro, de Stendhal
84. Os três mosqueteiros, de Alexandre Dumas
83. Germinal, de Emile Zola
82. O Estrangeiro, de Albert Camus
81. O nome da rosa, de Umberto Eco
80. Oscar e Lucinda – Uma história de amor, de Peter Carey
79. Vasto Mar de Sargaços, de Jean Rhys
78. Alice no país das maravilhas, de Lewis Carroll
77. Ardil 22, de Joseph Heller
76. O Processo, de Franz Kafka
75. Cider with Rosie, de Laurie Lee
74. Waiting for the Mahatma, de RK Narayan
73. Nada de Novo no Front, de Erich Remarque
72. Dinner at the Homesick Restaurant, de Anne Tyler
71. O Sonho da Câmara Vermelha, de Cao Xueqin
70. O Leopardo, de Giuseppe Tomasi di Lampedusa
69. Se um viajante numa noite de inverno, de Italo Calvino
68. Crash, de JG Ballard
67. Uma curva no rio, de VS Naipaul
66. Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski
65. Dr. Jivago, de Boris Pasternak
64. A trilogia do Cairo, de Naguib Mahfouz
63. O médico e o monstro, de Robert Louis Stevenson
62. As viagens de Gulliver, de Jonathan Swift
61. Meu Nome é Vermelho, de Orhan Pamuk
60. Cem anos de solidão, de Gabriel García Márquez
59. Campos de Londres, de Martin Amis
58. Os detectives selvagens, de Roberto Bolaño
57. O Jogo das Contas de Vidro, de Herman Hesse
56. O tambor, de Günter Grass
55. Austerlitz, de WG Sebald
54. Lolita, de Vladimir Nabokov
53. A decadência de uma espécie, de Margaret Atwood
52. O apanhador no campo de centeio, de JD Salinger
51. Underworld, de Don DeLillo
50. Amada, de Toni Morrison
49. As vinhas da ira, de John Steinbeck
48. Go Tell It On the Mountain, de James Baldwin
47. A Insustentável Leveza do Ser, de Milan Kundera
46. O Apogeu de Miss Jean Brodie, de Muriel Spark
45. Le Voyeur, de Alain Robbe-Grillet
44. A náusea, de Jean-Paul Sartre
43. A  tetralogia Coelho, de John Updike
42. As Aventuras de Huckleberry Finn, de Mark Twain
41. O cão dos Baskervilles, de Arthur Conan Doyle
40. A essência da paixão, de Edith Wharton
39. Quando tudo se desmorona, de Chinua Achebe
38. O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald
37. The Warden, de Anthony Trollope
36. Os Miseráveis, de Victor Hugo
35. Lucky Jim, de Kingsley Amis
34. O sono eterno, de Raymond Chandler
33. Clarissa , de Samuel Richardson
32. A Dance to the Music of Time, de Anthony Powell
31. Suite francesa, de Irène Némirovsky
30. Reparação, de Ian McEwan
29. A vida: modo de usar, de Georges Perec
28. Tom Jones, de Henry Fielding
27. Frankenstein, de Mary Shelley
26. Cranford, de Elizabeth Gaskell
25. The Moonstone, de Wilkie Collins
24. Ulysses, de James Joyce
23. Madame Bovary, de Gustave Flaubert
22. Passagem para a Índia, de EM Forster
21. 1984, de George Orwell
20. A Vida e as Opiniões do Cavalheiro Tristram Shandy, de Laurence Sterne
19. A Guerra dos Mundos, de HG Wells
18. Scoop, de Evelyn Waugh
17. Tess of the D’Urbervilles, de Thomas Hardy
16. Brighton Rock, de Graham Greene
15. The Code of the Woosters, de PG Wodehouse
14. O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë
13. David Copperfield, de Charles Dickens
12. Robinson Crusoe, de Daniel Defoe
11. Orgulho e preconceito, de Jane Austen
10. Don Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes
9. Mrs Dalloway, de Virginia Woolf
8. Desonra, de JM Coetzee
7. Jane Eyre, de Charlotte Brontë
6. Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust
5. O coração das trevas, de Joseph Conrad
4. Retrato de uma Senhora, de Henry James
3. Anna Karenina, de Leo Tolstoy
2. Moby Dick, de Herman Melville
1. Middlemarch: Um Estudo da Vida Provinciana, de George Eliot


24 de abr de 2013

F. Scott Fitzgerald


Romances

  • This Side of Paradise (1920)
  • The Beautiful and Damned (1922)
  • The Great Gatsby (1925)
  • Tender Is the Night (1934)
  • The Love of the Last Tycoon (1940)

Coletâneas de contos

  • Flappers and Philosophers (1920)
  • Tales of the Jazz Age (1922) (inclui o conto The Curious Case of Benjamin Button, publicado anteriormente na revista Collier's Weekly)
  • All the Sad Young Men (1926)
  • Taps at Reveille (1935)
  • The Short Stories of F. Scott Fitzgerald (1989)

Dalton Trevisan



  • Novelas nada Exemplares (1959)
  • Cemitério de Elefantes (1964)
  • Morte na Praça (1964)
  • O Vampiro de Curitiba (1965)
  • Desastres do Amor (1968)
  • Mistérios de Curitiba (1968)
  • A Guerra Conjugal (1969)
  • O Rei da Terra (1972)
  • O Pássaro de Cinco Asas (1974)
  • A Faca No Coração (1975)
  • Abismo de Rosas (1976)
  • A Trombeta do Anjo Vingador (1977)
  • Crimes de Paixão (1978)
  • Primeiro Livro de Contos (1979)
  • Vinte Contos Menores (1979)
  • Virgem Louca, Loucos Beijos (1979)
  • Lincha Tarado (1980)
  • Chorinho Brejeiro (1981)
  • Essas Malditas Mulheres (1982)
  • Meu Querido Assassino (1983)
  • Contos Eróticos (livro) (1984)
  • A Polaquinha (1985)
  • Noites de Amor em Granada
  • Pão e Sangue (1988)
  • Em Busca de Curitiba Perdida (1992)
  • Dinorá - Novos Mistérios (1994)
  • Ah, É? (1994)
  • 234 (1997)
  • Vozes do Retrato - Quinze Histórias de Mentiras e Verdades (1998)
  • Quem tem medo de vampiro? (1998)
  • 111 Ais (2000)
  • Pico na veia (2002)
  • 99 Corruíras Nanicas (2002)
  • O Grande Deflorador (2002)
  • Capitu Sou Eu (2003)
  • Arara Bêbada (2004)
  • Gente Em Conflito (com Antônio de Alcântara Machado) (2004)
  • Macho não ganha flor (2006)
  • O Maníaco do Olho Verde (2008)
  • Uma Vela Para Dario (talvez 2008)
  • Violetas e Pavões (2009)
  • Desgracida (2010)
  • O Anão e a Ninfeta (2011)

11 de abr de 2013

Clube da Luta - Chuck Palahniuk

"Pegue uma medida de vapor de ácido nítrico concentrado a noventa e oito por cento e adicione mais três medidas  de ácido sulfúrico. Faça isso em uma banheira de gelo. Depois adicione glicerina com um conta-gotas, um gota de casa vez. Assim conseguirá nitroglicerina."

5 de abr de 2013

O Hobbit - J.R.R.Tolkie

"(...) Se mais de nós dessem mais valor a comida, bebida e música do que a tesouros, o mundo seria mais alegre." - Thorin, filho de Thrain e neto de Thor. 

4 de abr de 2013

Angústia - Graciliano Ramos

"Que remédio! Havia de brigar com ela, dizer-lhe que tivesse juízo, explicar que sou pobre, não posso comprar camisas de seda, pó-de-arroz caro, seis pares de meias de uma vez? Seis pares de meias, que desperdício! Se ela suasse no veio da máquina ou aguentasse as enxaquecas do chefe na repartição, não faria semelhante loucura."
"Escolher marido por dinheiro. Que miséria! Não há pior espécie de prostituição."